Para despertar o desejo de empreender nos alunos, o professor tem de adotar uma atitude empreendedora e desenvolver atividades que estimulem os alunos a pensar e agir com uma visão criativa na solução dos problemas e nas atividades desenvolvidas em sala de aula, estimulando o empoderamento e protagonismo dos estudantes. A Clinton Education desenvolveu o curso Formação de Professores para o Empreendedorismo, que auxilia professores e profissionais que querem dar aulas de empreendedorismo. Compartilhamos abaixo algumas dicas do site Universia para começar.

 

A área de educação, nos últimos anos, tem sofrido um número grande de diferentes inovações e mudanças de paradigmas. A tecnologia foi inserida na sala de aula, as aulas tornaram-se virtuais e à distância e não são somente provas comuns que conseguem realmente testar o conhecimento dos estudantes. A última tendência na educação são os professores empreendedores – você sabe o que são eles?

Professores empreendedores são educadores que, além de darem aulas e desenvolverem futuros profissionais, também buscam soluções para melhorar a área em que atuam e oferecer uma nova experiência de aprendizado. Basicamente, são professores com boas ideias e espírito empreendedor.

A importância desse tipo de perfil para a educação é que, por meio deles, é possível implementar as novidades na sala de aula rapidamente e de maneira mais eficaz. As tendências no aprendizado podem ser ótimas e solucionar diversos problemas, porém, se os professores não estão dispostos a implementá-las em suas aulas, não adianta desenvolver boas ideias.

Por isso, se você é professor e deseja cultivar esse pensamento na sua carreira, conheça as 4 principais características de um professor empreendedor: 

1 – INTIMIDADE COM A TECNOLOGIA

Mesmo que as suas ideias sejam ótimas, se elas não casam com as últimas tecnologias, é pouco provável que elas tenham o poder de inovar na sala de aula. Por isso, se você quer ser um professor empreendedor, aprenda a lidar com a tecnologia de maneira benéfica e descubra como ela pode ajudá-lo a elaborar aulas mais criativas e interativas. 

2 – ESPÍRITO COLABORATIVO

Além de utilizar as ferramentas online, pense como a tecnologia tem o poder de ajudar as pessoas ao seu redor e a própria educação em si. Pensar no todo e não somente em si mesmo é o passo mais importante para o espírito empreendedor. 

3 – ÚLTIMAS TENDÊNCIAS

Professores empreendedores estão sempre atentos às últimas tendências e abertos para as novidades. Eles sabem como anda a área de atuação, conhecem nomes importantes e não deixam de lado a oportunidade de testar as novidades na sala de aula. 

4 – CONHECER O ALUNO

Acima de tudo, professores empreendedores sabem adequar as suas aulas e as novas tendências de acordo com o perfil de cada aluno. Por isso, evite padronizações e pré-julgamentos: entenda o jeito dos seus alunos e descubra como lidar com cada um deles.

Fonte: Universia Brasil