Instituição britânica escolhe o Brasil para iniciar expansão pela América Latina, com o objetivo de gerar impacto nas práticas de ensino e aprendizagem do Ensino Superior

Clinton Education - The Higher Education Academy
Workshop Clinton Education – The Higher Education Academy

A Clinton Education, empresa de educação fundada em Nova Iorque e operando no Brasil desde fevereiro, elaborou um estudo sobre capacitação de docentes no Ensino Superior brasileiro para a Higher Education Academy (HEA). A partir dos resultados da pesquisa, a HEA identificou no Brasil um mercado prioritário para gerar impacto em ensino e aprendizagem e fechou parceria com a Clinton para auxiliar instituições de ensino e professores no desenvolvimento de modelos de ensino-aprendizagem e formação de professores do Ensino Superior.

Uma das iniciativas para selar a parceria foi a vinda de Rajesh Dhimar, Academic Development Officer da HEA ao Brasil para realização de programas de capacitação para coordenadores e reitores de instituições de ensino brasileiras. Nesta primeira visita, as atividades estarão concentradas em São Paulo e Minas Gerais. “Com 534 mil docentes e pesquisadores, o Brasil é um mercado promissor que pode desenvolver uma cultura de capacitação de professores e profissionais da educação. Isso irá beneficiar todo sistema de ensino superior”, explica Jonathan Ray, Head International da Higher Education Academy.

O Reino Unido possui um sistema de ensino complexo e de alta qualidade, com anos de experiência na busca pela excelência em diversos campos acadêmicos da educação superior. Os programas de capacitação da HEA são referência na profissionalização do ensino superior britânico – com adesão de todas as universidades – e em mais 12 países. A atuação da HEA está voltada para educadores, reitores, governo e equipe responsável por ensino e aprendizagem – esta última uma das áreas prioritárias no Brasil, com foco na criação de Centros de Ensino e Aprendizagem nas instituições.

Além de desenvolver os educadores a partir das melhores práticas de ensino, os Centros de Ensino e Aprendizagem buscam envolver os principais agentes acadêmicos e administrativos de cada instituição nos debates sobre ensino-aprendizagem, um campo que recebe o nome de Scholarship of Teaching and Learning, ainda incipiente no Brasil.

Aproximadamente 65 mil professores são certificados pelo programa de formação docente da HEA, que privilegia diferentes metodologias de ensino, como o uso de metodologias ativas, avaliações que se baseiam na experiência dos alunos e reflexão dos docentes sobre seu papel no ensino. “Nosso modelo internacional atua com foco na liderança do ensino-aprendizagem e na experiência do estudante. Os programas são projetados para apoiar o professor na criação e desenvolvimento de um modelo educacional rico, estimulante e interativo durante a toda a vida acadêmica dos alunos”, completa Ray.

A Clinton Education – parceira da HEA no Brasil – tem como missão auxiliar o desenvolvimento de empreendedores e programas educacionais de empresas e instituições de ensino. “Acreditamos no desenvolvimento dos educadores como catalisador para transformar alunos e na autodireção para o ensino, uma habilidade que precisa acompanhar alunos mesmo após o fim de um curso, auxiliando na educação continuada durante a vida,” conta Thiago de Carvalho, Country Manager da Clinton Education e mestre em educação pela New York University.

Nos dias 06 e 07/11, das 9h às 17h aconteceu o Workshop de Modelos internacionais de ensino-aprendizagem, na FGV/EAESP e contou com acadêmicos de instituições, como: FGV, Insper, Mackenzie, FAAP, Estácio, FEI, FATEC Sebrae, São Camilo, PUC Minas, PUC PR, UNESP, Anima, Comunitas.

Workshop Clinton Education - The Higher Education Academy
Trabalho em Grupo no Workshop Clinton Education – The Higher Education Academy

Sobre a HEA (The Higher Education Academy)

A HEA é uma instituição oficial do Reino Unido para a promoção do ensino e aprendizagem no Ensino Superior. A HEA desenvolve métodos de ensino baseados em evidências e bolsas de estudo como forma de reconhecimento profissional para os professores universitários. Sob o lema “INSPIRING TEACHING, TRANSFORMING LEARNING,” a HEA possui 60 mil professores certificados no Reino Unido e 5 mil em outros 12 países. É suportada pelas duas únicas entidades responsáveis pelo tema: Universities UK, fundada em 1918 e composta por mais de 100 membros e pela GuildHE, fundada em 1967 e composta por 112 membros.